3 motivos que impedem funcionários infelizes de pedir demissão

29 de novembro de 2019
por Larissa Florindo

Existe uma lógica do porquê tantos funcionários infelizes não pedirem demissão de empregos que os deixam insatisfeitos. Confira os 3 principais motivos para esses funcionários não pedirem demissão!

Já ouviu falar de se sentir como um peixe fora d’água? Existem muitos funcionários que sentem isso dia após dia nas empresas onde trabalham.

Eles estão lá por motivos que vão ao conforto ao dinheiro, mas não porque estão felizes e satisfeitos com o trabalho. O problema é que, com o decorrer do tempo, esse perfil de colaborador pode vir a fazer um trabalho mal feito, prejudicando os resultados da organização.

De longe, a demissão não é uma saída para eles. Existem inúmeras questões envolvidas que os fazem permanecer, mesmo infelizes.

Descubra os três principais motivos para funcionários se prenderem em trabalhos que não os fazem felizes.

1 – Conforto e segurança

Há certos empregos que, por mais que não satisfaçam, possuem regalias que geram conforto e estabilidade.

O medo de não conseguir sustentar a família, pagar as contas no fim do mês e tantas outras razões impedem um funcionário de pedir demissão. Por outro lado, o desconforto de fazer o que se faz em prol de ter essa segurança em troca é um tanto desafiadora.

Identificar funcionários com esse perfil também é um desafio. Pois eles podem fazer um excelente trabalho e podem esconder sua desmotivação e engajamento com o trabalho que fazem. Mas uma hora ou outra, torna-se evidente a frustração em trabalhar com algo apenas pela estabilidade.

Quando identificar essa frustração no funcionário, vale entender suas necessidades e desejos e ajudá-lo a encontrar, dentro da empresa, um trabalho que faça sentido a ele.

2 – Não encontram propósito

Muito se fala de propósito e sentido ao trabalhar com algo. Alguns o encontram. Já outros, possuem grande dificuldade em achar propósito no que fazem.

São indivíduos que buscam uma finalidade maior do que apenas ganhar dinheiro ou trazer dinheiro para o caixa da empresa. A demissão é sempre uma ideia constante para esse tipo de funcionário.

Esse perfil é um pouco mais fácil de identificar no meio da multidão. O sentimento de frustração é quase que palpável, refletindo na qualidade de seu trabalho ou até nos prazos.

Esses funcionários precisam compreender em totalidade que estão lá para algo maior do que eles mesmos. Eles precisam entender que o trabalho deles vai além de planilhas, cálculos ou o que quer façam. Mostre o valor e o impacto que o trabalho deles causam em outras vidas e os ajude a valorizar tal coisa.

Assim, oferecer uma mentoria para potencializar um novo mindset nos funcionários com esse perfil é uma boa opção.

3 – Acreditam que não conseguirão fazer outra coisa na vida

Esse perfil é um tanto difícil de lidar. A motivação aqui envolve medos, anseios e outros sentimentos e sistema de crenças.

Talvez os pais depositaram desejos que não estavam dentro da sua vontade, mas para não contrariar, optaram por fazer o que seus pais orientaram. Podem também ter estudado algo que não se identificaram, seguindo uma carreira que não fazia sentido para eles.

Diferente do motivo anterior, esse perfil possui inúmeras inseguranças que os fazem acreditar que eles nasceram sem a capacidade de se reinventar. Possuem uma mentalidade voltada para tarefas que sejam repetitivas, assim, conseguem executar o que precisa ser feito.

Para esses funcionários, o trabalho é apenas um meio de obter dinheiro. E vivem constantemente com medo.

Esse perfil demanda exercitar o autoconhecimento para se reconhecer, em primeiro lugar, como um indivíduo com capacidades, potencialidades e desejos. Não há como mover um funcionário para qualquer outra área, se ele desconhece o que gosta. Se ele evita desafios por conta de seus medos.

De um modo geral, o primeiro passo para ajudar esses perfis é oferecer mentoria. Caso a empresa tenha programas de bem estar que envolva psicólogos, não é uma má ideia oferecer sessões.

O bem estar dos funcionários também é sua preocupação. Funcionários felizes produzem mais. Além disso, permanecem por mais tempo nas empresas onde trabalham.

0 comentários

Enviar um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *