Trabalho híbrido: prós e contras desse novo modelo

15 de junho de 2021
por Evelim Wroblewski

Antigamente não tinha outra forma: a gente se levantava todos os dias, atravessava a cidade e ia trabalhar no escritório da empresa. Mas hoje, esse cenário já está bem diferente. E tudo graças ao trabalho híbrido. 

Trabalho híbrido é aquele onde os colaboradores de uma organização têm liberdade para exercer suas funções como, quando e onde quiserem: de suas casas, coworkings, na sede da companhia.

Essa tendência vem crescendo muito ultimamente. Inclusive, estudos indicam que nos últimos 30 anos o número de trabalhadores em home office praticamente triplicou. 

Em 2020, em função da pandemia, a quantidade de trabalhadores nos EUA que passaram a fazer home office subiu impressionantes 12.000%. Por aqui, no mesmo período, 46% das empresas brasileiras adotaram modalidades remotas de trabalho em seu funcionamento. 

Ou seja, não há dúvidas de que o trabalho híbrido chegou para ficar. Ainda assim, ele vem acompanhado de vários desafios. Portanto, siga com a leitura e entenda os prós e contras desse novo formato de trabalho!

#Pró: a maioria das pessoas prefere trabalhar desde casa

Ter liberdade para trabalhar de qualquer lugar parece ser um desejo de muitos profissionais. Pelo menos é isso que aponta um estudo feito pelo Buffer. Esse estudo descobriu que 98% dos entrevistados desejavam ter a oportunidade de trabalhar remotamente. 

No Brasil, o número é menor, mas igualmente representativo: 49% das pessoas preferem fazer home office. Os motivos são vários: ter mais tempo perto da família, ter mais facilidade em conseguir uma renda extra ou ter mais domínio sobre o próprio tempo. 

#Pró: aumento da sensação de felicidade

Ter um trabalho híbrido também traz benefícios para o bem-estar dos profissionais, como mostra um estudo feito pela Own Labs. Nesta pesquisa, 71% dos participantes disseram estar mais felizes com suas vidas profissionais, mesmo sabendo que acabam trabalhando um pouco mais ao adotar o trabalho híbrido. O mesmo estudo indicou que o índice de satisfação dos profissionais presenciais foi de 50%.

#Pró: pessoas mais produtivas

O mesmo estudo do tópico anterior descobriu que 78% das pessoas se sentem mais produtivas quando têm a oportunidade de trabalhar remotamente. Portanto, a sensação de felicidade tem impacto direto sobre a produtividade

Mas, para ser mais produtivo, é fundamental ter condições para tanto. E isso foi o que se percebeu quando 78% dos entrevistados disse ter uma boa estrutura para trabalhar home office e que para 90% a comunicação com os gestores funciona de forma eficiente. 

#Contra: distrações como desafio

Como nem tudo são flores, não contar com o isolamento que o ambiente de trabalho proporciona também tem seus desafios. E para 20% dos entrevistados pela Robert Half, as distrações são uma das dificuldades de quando se trabalha em casa. 

Portanto, para evitar interrupções, o ideal é que o colaborador conte com um espaço próprio para o trabalho, em algum cômodo isolado. Além disso, o uso de ferramentas para a produtividade, como apps de controle de tempo, também ajuda na hora de manter o foco.

#Contra: falta de costume

Por fim, o trabalho híbrido se firmou como tendência. Ele pode funcionar dentro de casa de forma eficiente, mas nem todo mundo está preparado para isso. 

Dificuldades como a procrastinação e a falta de costume com a rotina profissional em casa, precisam ser rapidamente superadas para aproveitar todas as facilidades do trabalho híbrido. E isso pode ser conquistado por meio de treinamentos. 

Então, se a sua empresa está pensando em adotar de vez o trabalho híbrido, é hora de preparar seu time para isso. Conheça nossas soluções de treinamento gamificado e tenha uma equipe altamente produtividade em qualquer lugar do mundo!

0 comentários

Enviar um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *